Plantão 24 horas: (77) 9193-4066

Av. Aurora, 78 – Paulo VI Ver Localização

Biópsias

PROCEDIMENTOS INTERVENCIONISTAS As biópsias são realizadas para diagnóstico de doenças, lesões e/ou alterações orgânicas, desde as mais simples até as mais complexas. O procedimento consiste na remoção de uma amostra de células e/ou tecidos do organismo para a obtenção de informações precisas sobre a natureza das lesões ou o grau de comprometimento de um tecido. Após a coleta, o material é identificado e enviado para a análise microscópica, que é realizada por um especialista, médico responsável pela análise microscópica e pelo laudo que, na maioria das vezes, define o diagnóstico final. Existem diversos tipos de biópsia, que são realizadas em função do tecido ou órgão que se pretende estudar. As biópsias ambulatoriais, também chamadas de biópsias minimamente invasivas, são guiadas por métodos de imagem, que permitem o controle do trajeto a ser percorrido para que o instrumental específico para biópsias atinja a localização exata da lesão. Além disso, o acesso percutâneo, isto é, através da pele, pode ser realizado sob anestesia local e sem pontos, o que evita maiores riscos anestésicos, facilitando a recuperação após o procedimento. A biopsia é um procedimento cirúrgico no qual se colhe uma amostra de tecidos ou células para posterior estudo em laboratório, tal como a evolução de determinada doença crônica. Diagnóstico de doenças que provocam alterações morfológicas (neoplasia, hiperplasia). • Diagnóstico diferencial por exclusão. • Avaliar a extensão da lesão. • Avaliar o resultado de um tratamento. • Estabelecer o grau histológico de malignidade de neoplasia. • Como complicações da biopsia, podem ocorrer agravamento de lesões neoplásicas malignas devido ao excesso de manipulação, hemorragia, infecção e fistulização. Tipos de biopsias: • Externas: pele e mucosas. • Internas: punção às cegas, punção ecoguiada (órgãos maciços), endoscopias (órgãos ocos). • Extemporânea: perioperatória. • Incisional: é retirada apenas uma parte da lesão. • Biópsia excisional: é retirada a lesão inteira e, em caso de tumores malignos, retira-se a lesão com uma margem de segurança de, aproximadamente, 2 cm. • Por aspiração: utilizando-se de seringa, retira-se células de processos tumorais. BIÓPSIAS: • Biópsia de Endométrio guiada por Histeroscopia • Biópsia de Mama (Core Biopsy) guiada por Estereotaxia • Biópsia de Mama (Core Biopsy) guiada por Ultrassonografia • Biópsia de Mama (Mamotomia) guiada por Estereotaxia • Biópsia de Mama (Mamotomia) guiada por Ultrassonografia • Biópsia de Próstata por Via Transretal guiada por Ultrassonografia LOCALIZAÇÕES: • Localização de Lesão Mamária por Agulhamento guiado por Estereotaxia/Mamografia • Localização de Lesão Mamária por Agulhamento guiado por Ultrassonografia • Localização de Lesão Mamária guiada por Mamografia - Técnica Radioguiada (ROLL) • Localização de Lesão Mamária guiada por Ultrassonografia - Técnica Radioguiada (ROLL). PUNÇÕES: • Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) de Mama guiada por Ultrassonografia • Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) de Região Cervical guiada por Ultrassonografia • Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) de Nódulo de Tireoide guiada por Ultrassonografia • Punção de Coleções Superficiais guiada por Ultrassonografia.

(77) 3445-2455
(77) 3445-2494


...ou preencha o formulário de marcação de consultas em nossa página:

PREENCHER FORMULÁRIO

Desenvolvido por:M. Aires