Plantão 24 horas: (77) 9193-4066

Av. Aurora, 78 – Paulo VI Ver Localização

Enema Opaco (Exame Contrastado)

As radiografias simples do abdome são muito úteis na identificação da obstrução colônica, do íleo colônico e da síndrome do mega-cólon tóxico na doença inflamatória do intestino É possível observar rapidamente o cólon dilatado em todas essas patologias. Os exames uni e bi-contrastados com sulfato de bário são métodos habituais no estudo dos cólons. Com procedimentos fluoroscópicos e radiográficos combinados, o contraste é introduzido pelo reto e acompanhado por fluoroscopia. Há controvérsia quanto aos estudos uni e bi-contrastados, mas prevalece a opinião de que as lesões menores do cólon, como as úlceras aftosas e os pólipos pequenos, são mais bem identificados com o método de duplo contraste. A limpeza do cólon é de suma importância no enema opaco. Foram tentadas todas as combinações de catárticos e enemas. Entre os esquemas que funcionam melhor, inclui-se o uso de laxativo com grandes quantidades de líquido por via oral (este último atuando como lavagem). Estão indicados os clisteres com contraste hidrossolúvel quando se suspeita de perfuração colônica; são usados eventualmente para amolecer um fecaloma. A ultra-sonografia pode ajudar muito na identificação de abcessos e do espessamento da parede intestinal que acompanha a doença inflamatória. Por vezes, a ultra-sonografia também revela massas abdominais não-palpáveis. Com freqüência, a ultra-sonografia não é útil para detectar as lesões intraluminais comuns em virtude do gás colônico. A TC consegue revelar abcessos, diverticulos, diverticulite e linfadenopatias. Objetivo: O objetivo do enema opaco é estudar radiológicamente a forma e a função do intestino grosso, bem como detectar quaisquer condições anormais.Tanto o enema baritado com contraste simples quanto com duplo contraste incluem um estudo de todo o intestino grosso. Indicação clinica - As indicações clinicas do enema baritado incluem: - diverticulose / diverticulite -volvo - intussuscepção - apendicite Preparo do paciente: -jejum absoluto de 8 a 10 hs antes do exame - o paciente é instruído a não mascar chicletes ou fumar cigarros durante o jejum - realizar limpeza intestinal por via oral (laxante) e por via retal (fleet – enema). A porção do canal alimentar a ser examinada deve estar vazia. A limpeza completa de todo o intestino grosso é de extrema importância para o estudo contrastado satisfatório do intestino grosso.

(77) 3445-2455
(77) 3445-2494


...ou preencha o formulário de marcação de consultas em nossa página:

PREENCHER FORMULÁRIO

Desenvolvido por:M. Aires